domingo, 30 de novembro de 2008

Da Série Revival - XVII








Piscina




Sair e olhar pela janela. Largue o meu pescoço, mas deixe marcas.O som da sua respiração, os dedos trêmulos e jóias Tiffany's. As roupas de Marie Antoinette boiando na piscina de líquido inflamável.Pérolas dentro de ostras. Flores esmigalhadas e formigas descendo pelas paredes. Entrar pela janela e chutar a porta por dentro, voltar a amar é despir-se dos visgos. Sub-amor queimando na lareira. Marshmellows. Lesmas. Luxúria visual. Dois corpos caídos no jardim.

4 comentários:

noelle disse...

Largue o meu pescoço, mas deixe marcas.

incrivel.

meus instantes e momentos disse...

legal, muito bem feito esse post.Parabnes, muito bom.
gostei daqui.
Vai virar mania voltar.
maurizio

Mia Berkowitz disse...

o som da sua respiração me lembra má reputação, sim!

Rodriane DL disse...

vc está maculando minha bela reputação Mia Collucci.