terça-feira, 18 de maio de 2010

bolinhas de gude dentro dos livros.

Levei duas horas para entender. Ele ficou falando nuns lances de bolinhas de gude caindo pelas escadas dos colégio, enquanto eu mantinha um sorriso no canto dos lábios porque aquilo foi ficando bem engraçado. Cada pessoa que descia a escada ele descrevia o tipo do tombo. Um coitado que descia com um Big de um sanduíche nas mãos teve seus olhos adornados por óculos de cebola. E aquela conversa de louco no intervalo me deixou com hematomas de tanto rir. Não é legal ? Quando você fala "hematoma" pensa em algo ruim, mas quando você fala " hematomas de tanto rir" você transforma a palavra. Os quinze minutos com Seth eram isso : transformação.
Um tanto de waffles de chocolate e ataques de risos.
Perguntei para o Seth se a gente não perdia muito tempo só na bobagem e ele me disse que eram só "momentos chantilly".
Duas horas depois a gente tava na biblioteca e os livros eram todos lindos.

Um comentário:

...... disse...

seth amuses me.